segunda-feira, 15 de janeiro de 2018

"A Caixa e o Umbigo"

"A Caixa e o Umbigo"

Vivíamos num mundo muito nosso! 
Dentro de uma redoma de vidro que chamamos caixa. 
O ar era nosso, tal como o rio e as casas. 
_Éramos enormes

Sim gigantes lendários! Senhores dos nossos umbigos.
 
Contudo essa perspectiva umbigal, essa visão redutora induzia a que "Focalizassemos" essa pequenez como uma realidade absoluta. 

E para lá dessa redoma de vidro encontraríamos outras Caixas, outras redomas. 

E nestes casos a radicalidade de alguns poderia induzir mal estar nos demais

_Porque essas versões redutoras da realidade estariam ocupadas não na evolução racional, mas apenas na diminuição intelectual dos demais.
 
_Apelidando-os do alto do seu umbigo de neuróticos, psicóticos, esquisófrenicos.

_Apenas porque vivem noutra caixa, falam outra língua, pertencem a outro clube ou religião.

ABC recomenda: 
Pensa a caixa, dentro ou fora! Mas pensa.... 
Separa a Caixa do Umbigo.